Mostra de filmes e exposições em Brasília marcam Dia Mundial de Luta contra Aids e Dia Mundial dos Direitos Humanos

mostra_direitos_humanos_ecobrasiliaO premiado filme americano Clube de Compras Dallas abrirá a Mostra nesta terça-feira (02). As sessões terão entrada franca e os ingressos poderão ser retirados uma hora antes do horário de exibição, sujeitos à disponibilidade de assentos.

As comemorações na capital federal para o Dia Mundial de Luta contra a Aids (1/12) e o Dia Mundial dos Direitos Humanos (10/12) contarão este ano com uma iniciativa inédita: a I Mostra Internacional de Filmes #ZeroDiscriminação. O evento tem como objetivo promover uma reflexão através da arte sobre as diferentes formas de discriminação e violação dos Direitos Humanos.

A Mostra #ZeroDiscriminação, que acontecerá de 1 a 10 de dezembro em Brasília, contará com dez filmes e documentários de nove países diferentes. O premiado filme americano Clube de Compras Dallas abrirá a Mostra, com uma sessão no dia 2/12, às 19h, precedida de cerimônia de abertura e debate. Quem comparecer às sessões poderá também visitar exposições fotográficas instaladas nas unidades da Asa Sul da Casa Thomas Jefferson e da Aliança Francesa, locais onde os filmes serão exibidos.

“A epidemia da AIDS só poderá ser vencida com o respeito aos direitos humanos. Essa é a mensagem que a comunidade internacional traz, unindo-se nessa iniciativa e declarando zero tolerância à discriminação”, afirma a diretora do UNAIDS no Brasil, Georgiana Braga-Orillard. “O nosso desejo é fazer com que o cinema e a arte inspirarem cada um de nós a sermos agentes de transformação”.

Coordenada pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/AIDS no Brasil (UNAIDS), a iniciativa é resultado de uma parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e 12 representações diplomáticas com sede em Brasília: Alemanha, Chile, Espanha, Estados Unidos, França, México, Países Baixos, Polônia, Portugal, Reino Unido, Suécia e União Europeia.

Exposições fotográficas

Além dos filmes, a mostra conta ainda com duas exposições fotográficas. A TRANS[ver], do fotógrafo Fábio Rebelo, poderá ser visitada na Aliança Francesa da Asa Sul de 1º a 10 de dezembro. As fotos retratam travestis e transexuais e suas modificações no corpo, roupas e modo de agir, como forma de expressar com naturalidade que elas também são pessoas com direitos e que merecem ser vistas e tratadas com respeito.

A exposição A liberdade do olhar poderá ser visitada de 1º a 10 de dezembro, na Casa Thomas Jefferson da Asa Sul. O trabalho mostra a vida e a realidade de dois presídios de Porto Alegre (RS) a partir da visão das pessoas privadas de liberdade e de funcionários. As exposições também são gratuitas.

Conheça mais detalhes da iniciativa aqui.

Clique aqui para a programação completa.

O QUE: I Mostra Internacional de Filmes #ZeroDiscriminação.
QUANDO: 1 a 10 de dezembro.
ONDE: Casa Thomas Jefferson e Aliança Francesa – Asa Sul, Brasília.

As sessões terão entrada franca e os ingressos poderão ser retirados uma hora antes do horário de exibição, sujeitos à disponibilidade de assentos.

(com informações da ONU Brasil)

 

Compartilhe!

Veja mais notícias

error: Conteúdo protegido.