Onça-preta é capturada pela primeira vez na caatinga

Espécie é considerada o maior felino das Américas (Divulgação - ICMBio)
Espécie é considerada o maior felino das Américas (Divulgação – ICMBio)

Animal está ameaçado de extinção e será monitorado por pesquisadores do Instituto Chico Mendes

Uma equipe de pesquisadores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) capturou uma onça-preta (Panthera onca) dentro do Parque Nacional Serra da Capivara (PI), em novembro. Esta foi a primeira captura do animal na Caatinga, principal bioma protegido pela Unidade de Conservação (UC).

Também foram capturadas duas onças-pintadas e três vermelhas. A ação ocorreu com apoio do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap/ICMBio) e de veterinários da Universidade Federal de Viçosa (MG).

O trabalho é inédito e consiste em instalar armadilhas em toda a extensão do Parque para monitorar o território de vida e os hábitos das onças-pretas, o que permitirá estabelecer estratégias para a conservação do animal, que está ameaçado de extinção. As pesquisas começaram no início de 2012, quando as onças atacaram animais de criação no entorno da Unidade de Conservação e começaram a ser mortas.

“O objetivo é entender porque esses animais estão saindo da reserva em busca de alimento nas propriedades rurais da área”, explicou o biólogo Fernando Augusto Tambelini Tizianel, que também é chefe da Unidade.

O projeto surgiu a partir de uma demanda da UC para estudos e monitoramento de grandes felinos, com o objetivo de diminuir o conflito de predação dos animais domésticos no entorno do Parque. “Este primeiro animal capturado recebeu um GPS-colar e será monitorado constantemente. Caso seja constatado sua aproximação de roças e comunidades do entorno, poderemos emitir um aviso aos criadores para que possam recolher os animais durante a noite ou utilizar outras técnicas para afugentar as onças das proximidades dos currais e residências”, destacou Tizianel.

Sobre a onça-preta

A onça-preta é da mesma espécie da onça-pintada e até então nunca tinha sido capturada na Caatinga. Extremamente ameaçada de extinção no Nordeste brasileiro, a espécie é considerada o maior felino das Américas e tem no Parque Nacional Serra da Capivara um dos seus últimos refúgios no bioma. A campanha de captura do felino no interior do Piauí também contou com o apoio de pesquisadores da associação Pró-Carnivoros, que trabalham na região do Boqueirão da Onça, na Bahia.

Sobre o Parque Nacional Serra da Capivara

O Parque Nacional da Serra da Capivara foi criado através do Decreto de nº 83.548 de 5 de junho de 1979, com área de 100 mil hectares. A proteção ao Parque foi ampliada pelo Decreto de nº 99.143 de 12 de março de 1990 com a criação de Áreas de Preservação Permanentes adjacentes com total de 35 000 hectares.

Localizado no semi-árido nordestino, fronteira entre duas formações geológicas, com serras, vales e planície, a Unidade abriga fauna e flora específicas da Caatinga. Pelo seu valor histórico e cultural, o Parque Nacional da Serra da Capivara foi declarado pela Organização das Nações Unidas pela Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 1991, Patrimônio Cultural da Humanidade.

(Instituto Chico Mendes)

Compartilhe!

Veja mais notícias

error: Conteúdo protegido.