19 de novembro de 2017

Microalgas podem servir de matéria-prima para biocombustíveis

(Foto: Daniela Collares/Embrapa)
(Foto: Daniela Collares/Embrapa)

Na AgroBrasília, Embrapa apresenta pesquisas com organismos microscópicos apontados como a terceira geração de base para agrocombustíveis

Com o objetivo de apresentar aos produtores rurais e empresários do agronegócio tecnologias inovadoras que estão “no forno” e que podem impactar e melhorar o setor, a Embrapa Agroenergia está expondo, na AgroBrasília, feira que acontece de hoje (12) até 16 de maio, suas pesquisas com microalgas para produção de biocombustíveis (também conhecidos como agrocombustíveis). A divulgação iniciou na semana passada, em Ribeirão Preto/SP, durante a Agrishow 2015, um dos três maiores eventos de tecnologia agrícola do mundo.

(Foto: Vivian Chies/Embrapa)
Na AgroBrasília, visitantes poderão tirar dúvidas sobre as novas tecnologias da Embrapa (Foto: Vivian Chies/Embrapa)

“Do contato com os visitantes, conseguimos identificar outros materiais que podemos incluir nas pesquisas com microalgas ou novas aplicações agroenergéticas”, conta a analista Patrícia Barbosa, da área de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agroenergia, falando sobre a importância da participação na feira. Da mesma forma, os visitantes também começam a despertar para o potencial de uso de resíduos da sua produção.

Patrícia lembra que as feiras são também uma oportunidade de mostrar que o Brasil, embora já seja líder em combustíveis renováveis, continua investindo em tecnologia para o aumento sustentável da produção. Microalgas têm sido apontadas como a terceira geração de matérias-primas para biocombustíveis.

Fotobiorreator estará exposto na feira (Foto: Vivian Chies)
Fotobiorreator estará exposto na feira (Foto: Vivian Chies)

Fotobiorreator

As microalgas têm alta produtividade e não necessitam de terras férteis, pois crescem em água. Também não precisam de água limpa: podem ser cultivadas em água salgada, salobra e até residual. As pesquisas realizadas na Embrapa Agroenergia buscam justamente linhagens de microalgas que gerem grande volume de biomassa, crescendo em resíduos como a vinhaça, efluente abundante na produção de etanol.

Os visitantes da AgroBrasília também vão poder conhecer um fotobiorreator de microalgas, que vai estar no espaço da Embrapa Agroenergia no estande do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A feira tem entrada franca e acontece no PAD/DF, às margens BR 251, km 5, sentido Brasília-Unaí/MG.

(ECO Brasília, com informações da Embrapa Agroenergia)

Proibida a reprodução literal por veículos de comunicação com fins lucrativos. Nos demais casos, incluindo reprodução parcial, é obrigatória a citação da fonte ECO Brasília e demais fontes citadas.

Compartilhe!

Veja mais notícias

error: Conteúdo protegido.