Museu Goeldi abre inscrições para pós-graduação em Biodiversidade e Evolução

Museu Goeldi abre inscrições para pós-graduação em Biodiversidade e Evolução

Agência Fapesp – O Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) lançou os primeiros editais de seleção de vagas para mestrado e doutorado no recém-criado curso de pós-graduação “Biodiversidade e Evolução”.

São dez vagas para mestrado e dez para doutorado. Os candidatos devem ser graduados nas áreas de Ciências Biológicas, como Biologia, Agronomia, Ciências Ambientais, Zootecnia ou afins, e ter uma proposta de pesquisa para tese ou dissertação relacionada à biodiversidade.

As aulas do curso iniciam em setembro de 2015. A duração máxima para mestrado é de dois anos (24 meses) e quatro anos (48 meses) para doutorado.

O Programa de Pós-graduação em Biodiversidade e Evolução do MPEG formará pesquisadores para atuar no desenvolvimento de pesquisas autônomas e originais, ampliando o conhecimento sobre a biodiversidade da Amazônia, incluindo a compreensão de sua dimensão evolutiva, das dinâmicas atuais e o desenvolvimento de estratégias para sua conservação.

As inscrições devem ser feitas até o dia 31 de julho pelo e-mail ppgbe@museu-goeldi.br. Os editais estão disponíveis no site do Museu Goeldi (www.museu-goeldi.br/portal).

“Um curso como esse, sediado em uma região megadiversa como a Amazônia, deve contribuir para minimizar a falta de conhecimento sobre o tema, que pode ter sérias consequências para o desenvolvimento do país”, disse o coordenador do programa, Alexandre Aleixo.

O MPEG realiza cursos em convênio com a Universidade Federal do Pará, Universidade Federal Rural da Amazônia e Embrapa Amazônia Oriental.

O Museu tem cinco cursos de pós-graduação. Além do curso autônomo de “Biodiversidade e Evolução”, conta com outros quatros cursos em parceria com instituições de ensino superior do estado do Pará: Ciências Ambientais, Botânica, Zoologia e Ciências Sociais.

Compartilhe!

Veja mais notícias

error: Conteúdo protegido.