19 de novembro de 2017

DF: Projetos para criação de empresas inovadoras receberão recursos da FAP

fap-inovacao-edita-startupsEdital lançado pela Fundação de Apoio à Pesquisa prevê R$ 5 milhões para investimento em startups. Inscrições são gratuitas e vão de 11 a 25 de agosto

A Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, divulgou no Diário Oficial do Distrito Federal desta segunda-feira (3) edital para apoiar projetos inéditos de criação de empresas de base tecnológica, conhecidas mundialmente como startups. As propostas contempladas dividirão R$ 5 milhões oferecidos pela fundação.

Qualquer pessoa pode participar. As ideias serão submetidas à análise de 11 a 25 de agosto, e o resultado sairá até 6 de novembro. “É um edital bem abrangente, que busca perfis inovadores e ousados”, destaca a diretora-presidente da FAP, Ivone Rezende Diniz.

Cada projeto aceito receberá até R$ 50 mil, no caso de pessoa física, e no máximo R$ 200 mil, de microempresa ou empresa de pequeno porte. O recurso será liberado em duas parcelas, conforme cronograma aprovado e disponibilidade orçamentária da fundação.

Diversas áreas do conhecimento podem ser contempladas — ciências agrárias, ciências biológicas, ciências exatas e da terra, ciências humanas, ciências da saúde, ciências sociais aplicadas, engenharias e ciências da computação. “A produção em tecnologia em Brasília é enorme, e precisamos incentivar e absorver esses trabalhos”, afirma a diretora.

Os projetos serão obrigatoriamente implantados em Brasília ou na Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno. Terão prioridade aqueles voltados à criação de produtos ou que transformem ideias inovadoras em empreendimentos potencialmente sustentáveis. Além disso, será obrigatório relacioná-los aos seguintes setores econômicos: administração pública, agronegócios, biotecnologia e nanotecnologia, construção civil, educação, energia, meio ambiente, mobilidade urbana, saúde e bem-estar, segurança pública, tecnologia da informação, comunicação, tecnologia industrial básica e turismo.

Não há a necessidade imediata de a empresa estar formalizada. O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) será exigido apenas se houver aprovação. Nesse caso, o proponente tem até a data da contratação do projeto para obter a documentação necessária.

Todas as propostas passarão por três etapas distintas e eliminatórias. A primeira é a apresentação simplificada das ideias inovadoras. A segunda refere-se à habilitação para a seleção do projeto de empreendimento. Por fim, serão apresentadas a proposta financeira e a viabilidade do negócio.

Seleção pública de propostas para startups
Inscrições: de 11 a 25 de agosto
Resultado: até 6 de novembro
Não há taxa de inscrição
Emissão de propostas pelo portal da FAP
Edital disponível na página 40 do Diário Oficial do DF

(com informações da Agência Brasília)

Compartilhe!

Veja mais notícias

error: Conteúdo protegido.