Energia nuclear em debate no Senado

energia nuclearSeminário sobre experiências mundiais com usinas nucleares começa amanhã, em Brasília

O Senado promove amanhã (27) e quarta-feira (28), a partir das 9 horas, no Auditório Interlegis, o seminário Usinas Nucleares – Lições da Experiência Mundial. A iniciativa é da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática. O senador Cristovam Buarque (PDT-DF), presidente da Comissão e autor do projeto de lei que proíbe por trinta anos a construção de novas usinas nucleares no Brasil, fará o discurso de abertura, que acontecerá no auditório do Interlegis.  O seminário é aberto ao público.

O evento contará com a participação de conferencistas nacionais e internacionais de renome e vasta experiência na área, dentre os quais o dr. Bernard Laponche, criador da Associação Global Chance; a dra. Monique Sené, coautora de “O livro negro do nuclear francês”, que denuncia riscos de acidentes nucleares naquele país, Vladimir Shevtsov, Bielorrússia – consultor em consequências sociais e de saúde de Chernobyl, diretor de Green Cross Bielorrússia e Alfredo Pena-Vega, França – professor e pesquisador do Centro Edgar Morin – Escola de Altos Estudos em Ciências Humanas – EHESS/CNRS.

seminario-usinas-nucleares

Entre os brasileiros estarão presentes:

Francisco Whitaker –  Arquiteto, político e ativista social brasileiro, recebeu o “Prêmio Nobel Alternativo” 2006 da Right Livewood Award, conferido pelo Parlamento Sueco.

Luiz Pinguelli Rosa – Mestre em Engenharia Nuclear e Doutor em Física, é Professor Emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro e ex-Presidente da Eletrobrás. É Diretor da COPPE/UFRJ e Secretário Executivo do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas.

Sandra Verônica Cureau – Subprocuradora Geral da República, atenta à proteção e à efetividade do direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. Atuante em ações sobre os impactos sociais, ambientais e econômicos da implantação das usinas hidrelétricas de Estreito, no Maranhão, e de Belo Monte, no Pará.

Eduardo Souza Motta – Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2004), Pós-Graduação em Eletricidade e Eletrônica na Área Nuclear (2008), mestrado (2007) e doutorado (2011) em Eletrônica de Potência pela COPPE-UFRJ, em parte efetuado no IFW-Dresden, na Alemanha.

O seminário é aberto ao público e as inscrições são gratuitas.

Acesse a programação completa aqui.

Inscrições neste link.

 

Compartilhe!

Veja mais notícias

error: Conteúdo protegido.