Planeta perdeu 58% da população de animais vertebrados desde 1970, diz WWF

(Foto: Tui de Roy / Minden Pictures / reprodução WWF)
(Foto: Tui de Roy / Minden Pictures / reprodução WWF)

O relatório “Planeta Vivo”, divulgado na quarta-feira (26) pela organização ambientalista World Wild Fund for Nature (WWF), aponta que as populações globais de peixes, aves, mamíferos, anfíbios e répteis diminuíram 58% entre 1970 e 2012 e, se a tendência persistir, a perda poderá atingir 67% até 2020. O relatório anterior, publicado em 2014, mencionava uma queda de 52%.

“Se permanecer este declínio da biodiversidade, o mundo natural que hoje conhecemos desabará em seu conjunto”, declarou o diretor geral do WWF Internacional, Marco Lambertini.

capa_relatorioO estudo, elaborado em conjunto com a Sociedade Zoológica de Londres, contou com a colaboração de 150 cientistas, que analisaram cerca de 14 mil populações de 3.700 espécies em todo o mundo.

Segundo os cientistas, a ameaça mais frequente às populações em declínio é a perda ou degradação de seu habitat devido à atividades agrícolas, à exploração florestal, à mineração e à transmissão e produção de energia, ou seja, em razão das atividades humanas. Outras causas levantadas são o excesso de caça e pesca, a contaminação ambiental, as espécies invasivas e doenças.

Acesse o relatório completo aqui (em Inglês).

Compartilhe!

Veja mais notícias

error: Conteúdo protegido.